Vigésimo Quarto Domingo do Tempo Comum | Ano B

Atualizado: 13 de set. de 2021

Leia a reflexão sobre a liturgia dominical feita pelo meu amigo e parceiro no Blog, Padre Lucas.


Caros irmãos, o evangelho do vigésimo quarto domingo do Tempo Comum, Ano B, apresenta-nos a profissão de fé de S. Pedro (cf. Mc 8,27-35). Rezemos pedindo ao Senhor que nos dê uma fé firme que seja traduzida no cotidiano da vida.




Depois de professar a fé em Jesus como Messias (cf. Mc 8,29), S. Pedro é repreendido por Jesus por não pensar como Deus, mas sim como os homens (cf. Mc 8,33). De fato, tendo ouvido o Senhor anunciar o mistério da Cruz pelo qual entraria na Ressurreição, o príncipe dos apóstolos, desconcertado, procura afastar o sofrimento de seu Mestre. Parece um bem aquele ato de sincera preocupação, mas ele esconde um grande problema, que fica claro quando Jesus diz a Pedro “vai para trás (é não para longe) de mim” (Mc 8,33). Pois aqui vemos a inversão de papéis que devemos todos evitar: Jesus é o Mestre e vai à frente, indicando o caminho, enquanto nós, Seus discípulos, do primeiro ao último, devemos segui-lo – e não o contrário.


Fica claro, então, que nosso desafio é, pela fé, não pensar as coisas dos homens, mas aquelas de Deus. Trata-se de uma conversão, de uma mudança de mentalidade, de uma transformação do nosso coração. Em outras palavras, como diz o apóstolo Tiago na segunda leitura (cf. Tg 2,17-18), aceitar Jesus como Senhor e Mestre significa, sustentados pela Graça, assumir novos critérios para nossas escolhas cotidianas, traduzindo, assim, em atos a fé que professamos. Abramo-nos, portanto, à fé e deixemo-nos guiar e transformar pela presença amorosa de nosso Senhor e Salvador.


Ó Pai dá-nos, pelo Espírito Santo, a graça uma fé tão firme em Teu Filho Jesus Cristo que sejamos um só com Ele! Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa, sustenta-nos em nosso sim a Deus!

São José, nosso protetor, fazei-nos disponíveis a Jesus.

Sub tuum præsidium confugimus.sancta Dei Genitrix:nostras deprecationesne despicias in necessitatibus:sed a periculis cunctis libera nos semper,Virgo gloriosa et benedicta.

7 visualizações0 comentário