Vigésimo Sexto Domingo do Tempo Comum | Ano B

Caros irmãos, o evangelho do vigésimo sexto domingo do Tempo Comum, Ano B, nos mostra a centralidade do pertencer a Jesus para a nossa vida (cf. Mc 9,38-43.45.47-48). Rezemos pedindo ao Senhor que nos fale ao coração tornando-Se, Ele mesmo, o critério de nossas decisões e nosso agir.



Quem pertence a Cristo é livre para fazer o bem, “pois ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim”, diz o Senhor (cf. Mc 9,38-40), ao mesmo tempo que é convidado para o Seu seguimento, como bem lembra S. Beda. A pertença a Jesus é também causa do prêmio para quem faz o bem: “quem vos der a beber um copo de água, porque sois de Cristo, não ficará sem receber a sua recompensa” (cf. Mc 9,41). Ser de Deus é ainda o critério para nossas ações, de modo que tudo o que nos afasta do caminho da salvação precisa ser cortado do nosso cotidiano (cf. Mc 9,42-43.45.47-48). Para isso, recebemos o Espírito Santo que, através dos sacramentos do Batismo e da Crisma, nos constituiu povo profético, como ansiava Moisés (cf. Nm 11,29 – primeira leitura), e testemunhas de Jesus Cristo na prática da justiça (cf. Tg 5,1-6 – segunda leitura). Podemos, assim, tomar alegoricamente os membros que Jesus manda cortar se se tornaram instrumentos de pecado. “Se teu olho te leva a pecar, arranca-o”: os olhos podem representar o desejo, a cobiça. Mas, quantas coisas temos desejado que nos afastam de Deus? Mas, por amor ao Senhor, podemos – e devemos – dizer-lhes “não”. “Se tua mão te leva a pecar, corta-a”: com as mãos tomamos coisas para nós e as transformamos. Porém, quantas das nossas atividades nos tem afastado de Cristo, nosso Salvador? É preciso ter coragem de agir de modo diverso sob a guia do Espírito Santo. “Se teu pé te leva a pecar, corta-o”: os pés trilham caminhos. Contudo, quantas vezes escolhemos seguir a trilha do pecado e, assim, afastamo-nos da fonte da vida, o Coração de Jesus? É preciso escolher e perseverar no único Caminho para a Vida, o próprio Jesus Cristo.


Ó Pai dá-nos o Espírito Santo para que nos revistamos de Teu Filho Jesus Cristo! Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa, sustenta-nos no nosso “sim” a Deus! São José, nosso protetor, dá-nos a intimidade com Jesus.

Sub tuum præsidium confugimus.sancta Dei Genitrix:nostras deprecationesne despicias in necessitatibus:sed a periculis cunctis libera nos semper,Virgo gloriosa et benedicta.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo