VIGÍLIA PASCAL – Ano C



Caros irmãos, depois de um dia de profundo silêncio, o tríduo Pascal prossegue com a solene Vigília Pascal. Nela, a liturgia nos propõe, neste ano C, o relato das mulheres que encontraram, na manhã do Domingo, o túmulo vazio (cf. Lc 24,1-12). Abramos nosso coração à presença de Deus e deixemos que Ele nos renove inteiramente.

Antes de tudo, notemos que a cronologia é extremamente precisa e coerente: tendo Jesus crucificado entregado o espírito pelas 15h da sexta, os discípulos tiveram pouco tempo para, depois da autorização de Pilatos, tirá-lo da cruz e sepultá-lo, pois, ao entardecer daquele mesmo dia já começava o sábado solene no qual não era lícito trabalhar. Não é de se admirar, portanto, que o trabalho de preparação para o sepultamento do corpo santíssimo de nosso Senhor tenha sido feito às pressas e, de alguma forma, permanecesse incompleto. Assim, era necessário que, ao amanhecer do primeiro dia da semana, as mulheres fossem ao sepulcro para concluir aqueles cuidados “levando os perfumes que haviam preparado” (Lc 24,1).

Porém, que surpresa! Ao invés de encontrar um cadáver, elas encontram dois anjos que lhes dizem: “Por que procurais entre os mortos aquele que está vivo? Ele não está aqui. Ressuscitou!” (Lc 24,5-6). Essa pergunta cabe também a cada um de nós. Por que procurar Jesus como um personagem histórico que, morto, não pode fazer mais nada? Por que considerá-lo apenas um ideólogo do passado, fundador de uma causa? Ele não está aí, mas, ressuscitado, não morre mais – está vivo, presente, atuante e quer fazer parte da nossa vida. Abramos-lhe o coração e poderemos experimentar o poder de Seu Amor transformador.

Ó Pai, que a força do Teu Espírito Santo nos leve hoje a crer e encontrar Teu Filho, Jesus Cristo, vivo e ressuscitado! Maria santíssima, Senhora da Glória, ajuda-nos a perseverar na fé em Cristo, Teu amado filho. São José, padroeiro de toda Igreja, dá-nos a intimidade com Jesus.

Regina Cæli, lætare, alleluia; Quia quem meruisti portare, alleluia; Resurrexit, sicut dixit, alleluia; Ora pro nobis Deum, alleluia.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo